Amigo de príncipe Harry diz que separação da família real foi para proteger Meghan Markle e o filho, Archie Harrison

JJ Chalmers, amigo próximo de príncipe Harry, deu uma entrevista reveladora ao programa britânico The One Show na última sexta-feira, dia 10. Chalmers, que conheceu o Duque de Sussex quando ambos serviram ao exército, defendeu o fato de Harry e sua esposa, Meghan Markle, terem optado por deixar a família real britânica. O polêmico anúncio foi feito na última quarta-feira, dia 8, por meio do Instagram oficial do casal.

–  Ele é menos o capitão do exército que eu conhecia, e é mais um pai, e é a primeira coisa que eu costumo perguntar a ele. E acho que a decisão que ele tomou, na linha de frente, é proteger sua família, porque essa é a regra número um: ser um pai e um marido, analisou Chalmers.

O amigo de Harry ainda explicou o quanto a imprensa internacional influenciou na decisão do príncipe.

– Qualquer marido quer proteger sua esposa e qualquer pai quer proteger seus filhos. Ele é um indivíduo muito íntegro e, portanto, quando olha para como a mídia reage e como as redes sociais falam de alguém […] um dia ele precisa responder ao filho, quando ele começar a entender isso, e poder olhá-lo nos olhos e dizer: Eu tomei a decisão certa e tomei a decisão certa por você. E claro, ele cresceu no centro das atenções e sabe como isso terminará se não for tratado corretamente.

E aí, o que você acha?

Meghan Markle já pode ter encontrado um novo trabalho

E parece que a saída da realeza britânica não teve um impacto tão negativo para a Duquesa de Sussex. Uma fonte contou ao jornal britânico The Sun que Meghan Markle está sendo procurada para diversos trabalhos relacionados à moda.

– Meghan é muito conectada à indústria da moda e há muitas grandes marcas que gostariam de se associar a ela em projetos. Já houve discussões ativas com a Givenchy. Alguns desses negócios podem valer milhões de libras, alegou o informante.

MSN

Add Comentários