Botelho se diz pronto para disputar Prefeitura e planeja programa para geração de emprego e fora da mesmice

 

Ao que tudo indica, o deputado Eduardo Botelho (DEM) aguarda apenas a decisão de Emanuel Pinheiro (MDB) sobre uma eventual reeleição para bater o martelo sobre sua candidatura a prefeito de Cuiabá. O democrata se reuniu com a cúpula de seu partido nesta semana e expôs quais são suas condições para representar a sigla no pleito que este ano ocorrerá em novembro.

“Eu já tive uma reunião com o Fábio Garcia e com o Beto e nós definimos que iremos nos reunir de novo nos próximos dias para discutir especialmente a questão de Cuiabá e Várzea Grande. Eu estou pronto, meu nome está colocado, mas mais importante do que eu ser candidato é nós criarmos um programa para Cuiabá, que não fique na mesmice e que amplie a geração de empregos. Isso é que é o mais importante, mesmo que o DEM lance outro candidato”, disse Botelho, nesta sexta-feira (31).

Emanuel Pinheiro, por sua vez, admitiu que apoia uma eventual candidatura de Botelho caso desista de participar das eleições. Nos bastidores, corre que o grupo do emedebista e o DEM já teriam fechado um acordo para que a cúpula democrata, inclusive o governador Mauro Mendes, apoie a candidatura do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB) em Várzea Grande.

Bem articulado, Botelho mantém posição de destaque no cenário político mato-grossense há anos. Em seu segundo mandato como deputado estadual, ele conseguiu a façanha de ser eleito três vezes consecutivas presidente da Assembleia Legislativa e, embora não assuma posição de subserviência ao Palácio Paiaguás, é tido como o braço forte do Governo no Legislativo.

Fonte:  olhardireto.com

Add Comentários