Chapada faz barreira sanitária para conter a disseminação do vírus

Ação teve início nesta sexta-feira, na Rodovia MT-251, e segue por todo fim de semana

A Prefeitura de Chapada dos Guimarães (a 69 km de Cuiabá) iniciou nesta sexta-feira (22) uma “barreira sanitária” para tentar conter a disseminação do novo coronavírus na cidade.

A barreira funciona nas duas principais vias de acesso ao Município – tanto na direção de Cuiabá quanto de Campo Verde – e são realizadas durante todo o dia nas sextas-feiras, sábados e domingos.

Segundo a prefeita da cidade, Thelma de Oliveira (PSDB), a barreira funciona de forma educativa e preventiva.

Nela, uma equipe de Saúde do Município faz perguntas a fim de obter informações acerca da origem e locais de estadia, nos últimos 14 dias, e também a aferição de temperatura para obter outras informações sobre o estado de saúde dos passageiros.

Circulou o fake news dizendo que iriamos trancar a cidade. E na verdade estamos fazendo a barreira. Não é lockdown. Não iremos impedir o ir e vir das pessoas

“Circulou uma fake news dizendo que iríamos trancar a cidade. E na verdade estamos fazendo a barreira. Não é lockdown. Não iremos impedir o ir e vir das pessoas”, afirmou a prefeita em entrevista ao MidiaNews.

De acordo com a prefeita, um turista ou até morador poderá ser impedido de ingressar na cidade se se recusar a passar pelos testes.

Thelma explicou que a barreira é importante pois o Município se tornou refúgio para diversas grupos fazerem festas e gerar aglomerações.

“Vale também para moradores. As pessoas entendem que vindo pra Chapada é momento de festa. Elas se reúnem para fazer churrasco, confraternizar, para todo tipo de coisa”, afirmou a prefeita.

Na sexta-feira, 850 carro foram parados, mas nenhum carro foi impedido de entrar na cidade.

Atualmente, Chapada do Guimarães tem sete casos confirmados de infectados com o novo vírus, sendo uma morte.

Fonte:   midianews.com

Add Comentários