Diretor do BB deixa o banco após peça publicitária desagradar a Bolsonaro

Cena da peça publicitária do Banco do Brasil que desagradou ao presidente Jair Bolsonaro

O diretor de Comunicação e Marketing do Banco do Brasil, Delano Valentim, deixará o banco depois de uma campanha publicitária desagradar o presidente da República, Jair Bolsonaro, e também a alta cúpula da instituição financeira. O executivo está de férias e quando retornar não permanecerá na posição.

O presidente do BB, Rubem Novaes, confirmou, por meio nota enviada pela sua assessoria de imprensa ao Estadão/Broadcast, que concordou com Bolsonaro sobre a necessidade de retirar o filme publicitário do ar. Informou ainda que a decisão de saída do diretor foi um “consenso”.

“O presidente e eu concordamos que o filme deveria ser recolhido. Saída do diretor em decisão de consenso inclusive com aceitação do próprio”, explicou Novaes.

A campanha publicitária em questão era apresentada por jovens para divulgar o serviço de abertura de conta corrente pelo aplicativo do banco. A decisão de retirá-la do ar contraria a bandeira que o Banco do Brasil defendeu nos últimos anos de apoio à diversidade e ainda da necessidade de rejuvenescer sua base de clientes.

MSN

Add Comentários