Dispersão de público do enterro de Gugu é marcada por furtos

 

São Paulo – Durante a dispersão do público do enterro de Gugu Liberato, que chegou a reunir 2 mil pessoas no Cemitério Gethsêmani, no bairro do Morumbi, em São Paulo, foram registrado furtos.

Por volta das 12h30, a doméstica Lúcia Alves (foto principal), 59 anos, teve o celular furtado. Ela estava no local para se despedir de Gugu Liberato. “Não tenho dinheiro para comprar outro”, lamentou

Paulina Rosa de Sousa Jacinto, 60, também foi vítima da ação de criminoso. “Furtaram meu celular quando eu abraçava uma mulher que estava chorando”, informou. Ao menos outro homem foi igualmente alvo dos bandidos.

Um oficial da Polícia Militar ouvido pela reportagem do Metrópoles informou que diversas pessoas foram alvo dos furtos.

O apresentador Gugu Liberato foi enterrado, nesta sexta-feira (29/11/2019), no Cemitério Gethsêmani, no Morumbi. Depois de um velório de mais de 24 horas, o comunicador foi sepultado no jazigo da família.

O enterro foi uma cerimônia aberta, com a presença da família em volta do túmulo. O público também esteve no local – cerca de 2 mil pessoas estavam no cemitério e nas imediações. Os fãs gritavam mensagens de apoio.

 Fonte:  metropoles.com

Add Comentários