Escolas estaduais irão repor 42 dias letivos, com previsão de encerrar ano em fevereiro de 2020

Por conta da greve dos servidores da educação de Mato Grosso, o calendário letivo deste ano de 2019 somente será encerrado por volta do dia 15 de fevereiro de 2020. Com isso, o próximo ano letivo será iniciado apenas na segunda quinzena do mês de março, após 30 dias de férias.

Apesar dos 75 dias de paralisação, serão repostos apenas 42 dias letivos, considerando que 33 destes incluem sábados, domingos e feriados.

A Secretaria de Educação de Mato Grosso (Seduc/MT) irá encaminhar ainda nesta semana uma sugestão de calendário de reposição de aulas às escolas que aderiram à greve. No entanto, a formulação do calendário oficial de reposição será confeccionado pelas próprias escolas, juntamente com o Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar (CDCE).

No ano de 2020 estará vigente dois calendários escolares, um para as escolas que não aderiram à greve e que começarão o ano letivo em fevereiro e outro para as escolas que estavam paralisadas, cujo ano letivo está previsto para começar por volta de 23 de março.

VG Noticias

Add Comentários