Implantação dos serviços de cardiologia no Hospital São Benedito é discutida

 Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, Município de Cuiabá e a equipe responsável pela implantação dos serviços de alta complexidade em cardiologia no Hospital São Benedito realizaram na manhã desta terça-feira (06), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, reunião para discutir a viabilização do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Os serviços foram licitados há um ano, a estrutura já está pronta para a oferta do atendimento, mas a efetivação do contrato ainda não ocorreu.

Segundo o procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo, o Ministério Público e o Poder Judiciário estão participando das discussões na tentativa de contribuir para a solução do impasse o mais rápido possível. Na próxima segunda-feira, uma segunda reunião será realizada para a definição do cronograma de medidas a serem adotadas.

“Não temos dúvidas de que a implementação desses serviços vai reduzir substancialmente os custos com a realização das cirurgias cardíacas de alta complexidade. Atualmente, esses serviços vêm sendo ofertados pela saúde suplementar em hospitais particulares e filantrópicos por um custo superior ao que será suportado quando da implementação das atividades pelo Hospital São Benedito”,afirmou.

O juiz Gilberto Bussiki, que atua diretamente nos casos de judicialização da saúde, também ressaltou a importância da implantação dos serviços de alta complexidade. “Será mais barato e possibilitará a diminuição da judicialização que também onera sobremaneira o custo de cada cirurgia”, explicou.

Conforme dados apresentados durante a reunião, no ano passado existiam em torno de 300 pacientes em todo o Estado aguardando a realização de cirurgias cardíacas pelo SUS. Alguns chegaram a ficar internados por vários meses aguardando o procedimento.

A contratualização que deverá ser efetivada com o Hospital São Benedito prevê a realização mensal de 150 consultas, 30 cirurgias e 17 marcapassos. Com essa implementação, o Hospital São Benedito vai cumprir em 100% os serviços de cirurgia para o qual foi idealizado nas áreas de neurologia, ortopedia e cardiologia.

Também participaram da reunião o prefeito Emanuel Pinheiro e os profissionais Alex Celullare, Felipe Salles e Sufhia Pimentel que integram a equipe de cirurgia cardiovascular.

Fonte: Gazeta Digital

Add Comentários