Luverdense empata e segue sem vencer no Campeonato Brasileiro da Série C

Jogando em gramado escorregadio devido a chuva que caiu em Belém do Pará, o Luverdense acaba de empatar , em jogo sem gols e ainda não sabe o que é comemorar vitória no Campeonato Brasileiro da Série C. Com o jogo de hoje são seis empates e duas derrotas. Com o resultado foi a seis na tabela e continua na vice-lanterna da competição nacional.

O próximo confronto do time de Lucas do Rio Verde é no domingo (23), no estádio Passo das Emas, às 16h, contra o Atlético-AC. Já o Paysandu pega o Remo na terça-feira, no Mangueirão, às 20h.

O Papão começou o jogo segurando mais os passes de bola, mas o Luverdense não dava espaço para a finalização. Aos 12 minutos, Tiago Luís  foi para cobrança de falta, bateu forte na bola que passou raspando na trave do goleiro Edson, que pediu mais atenção ao time. Jogando recuado o Paysandu tinha livre espaço para saída de bola.

Nicolas, recebeu de cruzamento, partiu para o gol, mas encontrou o goleiro Edson, no meio do caminho.  No contra-ataque do Luverdense Moisés chutou de longe, mas Mota defendeu. Em cinco jogos sem vitórias o Papão não se expressava bem em campo. O Paysandu seguia com mais posse de bola, mas de maneira ineficiente e o Luverdense ficava forte na marcação e não dava espaços na defesa.

O jogo seguia morno com muita marcação, sem oportunidades de gols e faltava qualidade individual em campo. O Luverdense começou a colocar mais pressão no jogo indo ao ataque. Na cobrança de escanteio Juninho Tardelli mandou na cabeça de Moisés, que assustou o goleiro Mota. Acuado o Papão começou a apostar nas jogadas de bolas paradas. Fim de primeiro tempo.

Na etapa complementar o Paysandu voltou tentando pressionar o Luverdense, na reação o time de Mato Grosso fez tabela dentro da área e Tardelli quase ficou cara a cara com Mota, que se antecipou para fazer a defesa. Em grande chance do Papão, Tiago Luís chutou forte e o goleiro do Verdão, no reflexo, espalmou em grande defesa.

Aos 18 minutos o Júnior Rocha fez a primeira defesa e tirou Pedro Costa para entrada de Taveres. Ao mesmo tempo saiu Tiago Luís para entrada de Paulo Rangel para o time paraense. O Luverdense ficava cada vez mais perigoso nos contra-ataque e quase sempre pega a defesa do Paysandu. Moisés, recebeu de cara para gol, chutou fraco e Mota defendeu.

Paulo Rangel observou o goleiro do Verdão Edson adiantado e tenta o gol por cobertura. O chute saiu fraco. O Papão trocava passes na entrada da área do time mato-grossense que se defendia muito bem, sem proporcionar os espaços.

O Paysandu foi para o tudo ou nada e sem coordenação, se lançou ao ataque, mas parou no posicionamento defensivo do Luverdense, que seguia forte no contra-ataque. Tony e Hélder se enroscaram em um lance na lateral e receberam cartão vermelho.

Anderson Ligeiro invadiu a área, chutou forte, a bola passou perto do gol bicolor. Tardelli se aproveita da bagunça na defesa do Paysandu, entrou na área, mas chutou errado, para fora. Pimentinha, na jogada individual, deixou a marcação para trás e chutou prensado, dentro da área. A bola sobra nos pés de Nicolas, que se enrola todo e de frente para gol errou o chute.

Só Notícias

Add Comentários