MT: Além de Resposta a Caminhões Parados em Atoleiros, Investimentos do Mais MT beneficiam do agro, ao transporte escolar e à Saúde, avaliam prefeitos

Foram assinadas ordens de serviços para a construção de 775 quilômetros de pavimentação e 40 pontes de concreto, como a que irá interligar os municípios de Sorriso e Santa Rita do Trivelato

O prefeito de Sorriso (398 quilômetros de Cuiabá), Ari Lafin, comemorou os investimos que o Programa Mais MT irá promover na região Norte do Estado e avaliou que as ações irão beneficiar não apenas o agronegócio, mas todas as demais áreas essenciais.

 Considerada a Capital do Agronegócio, Sorriso atualmente é pólo para 16 municípios da região que demandam, por exemplo, do Hospital Regional localizado na cidade.

“Esses investimentos não são apenas para o agro, são pra toda a população, pro caminhoneiro que utiliza a via, pro transporte escolar que leva nossas crianças para as escolas. E, além disso, a Saúde, porque hoje o Hospital de Sorriso recebe 16 municipios que necessitam de boas estradas para que aqueles que estão nas ambulâncias tenham a tranquilidade de chegar bem ate o seu tratamento”, destacou o prefeito, durante assinatura das ordens de serviço para a execução de obras de pavimentação e construção de pontes, inseridas no Programa Mais MT.

 Serão 56 municípios beneficiados pelo Mais MT em todo o Estado nesta etapa. As obras terão início, ou reinício (no caso daquelas paralisadas em razão do período chuvoso) ainda neste mês.

Os investimentos aplicados são de R$ 606 milhões, em 775 quilômetros de pavimentação e a construção de 40 pontes de concreto em todas as regiões de Mato Grosso.

Ao todo, as ordens de serviço emitidas para obras rodoviárias compreendem 23 obras entre pavimentação, restauração, revitalização e manutenção de rodovias não-pavimentadas, que vão beneficiar diretamente 33 municípios.

Além disso, foram emitidas ordens de serviço para execução de 40 pontes de concreto, que serão construídas sobre rios, córregos e vazantes em 19 rodovias estaduais. Sorriso receberá algumas dessas pontes, como as que irão interligar o município às cidades de Tapurah e Santa Rita do Trivelato.

“Até hoje nós estávamos num “final de linha”, agora estaremos conectados ao restante do Estado, isso irá nos agregar muito, aumentar o fluxo de pessoas e de serviços para a nossa cidade. Vai encurtar quase 200 quilômetros a distância entre nós e a Capital. Agora vamos lutar pelo restante da pavimentação, porque hoje foi o primeiro passo de uma conquista que sonhamos há anos”, comemorou o prefeito de Santa Rita do Trivelato, Egon Hoepers.

 “O Programa Mais MT vem em boa hora, o governador está avançando de forma signifitcativa. Nós, dos municípios produtores, carecemos de logística e esse Programa tem obras importantes em seu radar, como a MT-485, a 490, a 560, além das pontes. E eu tenho certeza absoluta que esse é o caminho, o governador está tendo sensibilidade e fazendo com que os impostos, em especial o Fethab, retornem em infraestrutura”, pontuou Ari Lafin.
 Fonte:     cenariomt.com

Add Comentários