MT: Reviravolta No Legislativo: Max Russi articula cadeira da presidência em chapa; Mesa reunida

Após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que suspendeu a recondução do deputado Eduardo Botelho (DEM) à presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL)  e demandou uma nova eleição, a atual Mesa Diretora da Casa de Leis se reúne, neste momento, para discutir a determinação nesta segunda-feira (22).

Conforme informações obtidas com exclusividade pelo portal GD, nos bastidores do Parlamento o deputado Max Russi (PSB), primeiro-secretário, já articula ocupar a cadeira da presidência na chapa que disputará a Mesa Diretora da AL – em eleição que deverá ser realizada em 48 horas.

Neste momento de construção da nova chapa, o nome de Botelho é cotado para ocupar função ocupada por Russi, a 1ª secretaria da Mesa Diretora.

Além de Botelho, não podem concorrer na chapa para mesma função a deputada Janaina Riva (MDB), que ocupa a 1ª vice-presidência, e os deputados Valdir Barranco (PT), 2º secretário, e Paulo Araújo (PP), 4º secretário.

Conforme noticiado pela reportagem, o ministro determinou a suspensão da eleição pelo fato de Botelho ter sido reeleito para terceiro mandato consecutivo ocupando o mesmo cargo. Diante da situação, Moraes demandou que um novo pleito seja realizado pela Casa de Leis.

“Determino, ainda, a realização subsequente e imediata de nova eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Mato Grosso, biênio 2021/2022, vedada a posse de parlamentares que compuseram a Mesa nos biênios 2017/2018 e 2019/2020, nos mesmos cargos”, aponta trecho da decisão.

Fonte:     bgazetadigital.com

Add Comentários