MT: Sucessão No Alencastro: PSDB se divide entre Dorileo e Pinheiro e pode ficar fora da disputa

Os diretórios estadual e municipal ainda não chegaram a um consenso sobre a eleição para prefeito em Cuiabá

O empresário Dorileo Leal e o prefeito Emanuel Pinheiro são a causa do racha no ninho tucano em Cuiabá

A convenção do PSDB promete ser das mais turbulentas, nesta quarta-feira (16).

Além de a legenda estar rachada, a Executiva Nacional poderá interferir nos rumos da agremiação, no que se refere à eleição municipal de 15 de novembro. na Capital.

Os diretórios estadual e municipal ainda não chegaram a um consenso sobre a eleição para prefeito em Cuiabá.

Enquanto os deputados estaduais defendem candidatura própria, com o nome do empresário Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, os vereadores  do partido lutam para permanecer na base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que irá buscar a reeleição

Atualmente, a bancada do PSBD na Câmara de Cuiabá é formada por três vereadores: Renivaldo Nascimento, Toninho de Souza e Ricardo Saad – este último responde pela presidência do diretório municipal.

Para Saad, se na convenção for deliberado por candidatura própria na eleição majoritária, ou apoio a outro candidato que não seja o atual prefeito, o partido corre o risco de não eleger nenhum vereador.

Grande parte dos candidatos à eleição proporcional foi filiada por indicação de Pinheiro.

“Se o partido não apoiar Emanuel PInheiro, corre o risco de não eleger nenhum vereador. A gente está preocupada com essa situação. Fazemos parte da base do prefeito há quase quatro anos, e foi ele quem nos ajudou a filiar a pessoas, quem nos deu suporte. Nós filiamos 23 pessoas, que vieram por indicação dele para fortalecer a nossa chapa. Agora, no último minuto, eu não posso chegar e apoiar uma candidatura que nem sei se existe”, explicou o vereador.

Fonte:    diariodecuiaba.com

Add Comentários