MT: Triste Despedida Sem Amigos: Gerente há 13 anos, vítima de Covid-19 foi enterrado sem velório

 

O gerente Luiz Nunes da Silva, 54, morreu nesta madrugada de sexta-feira (3), em decorrência do coronavírus. Internado desde o último domingo (29), o homem tinha como sintomas falta de ar, cansaço e mal estar. Parte do grupo de risco, por ser hipertenso e diabético, ele lutou contra a doença, mas não resistiu.

Ele foi enterrado à tarde, não teve velório e o caixão foi fechado até o sepultamento.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentam a fatalidade. Luiz deixa esposa, filhos e netos. Ele era gerente do mercado Pasqualotto, em Lucas do Rio Verde (346 km ao Norte de Cuiabá) desde 2007. Torcedor do Santos Futebol Clube, o gerente era natural de Ubiratã. A vítima esteve em São Paulo recentemente em uma viagem de trabalho.

O deputado estadual Silvio Favero (PSL) lamentou a morte de Luiz em seu perfil no Instagram. Na publicação, o parlamentar publicou uma nota de falecimento. “Com muita tristeza recebo a notícia da morte do querido amigo Luiz Nunes da Silva, um guerreiro que lutou contra o Covid-19”, escreveu.

Ao fim da nota, Favero prestou condolências aos familiares e amigos do gerente. “Um legado deixado como empresário e empreendedor”, disse.

O velório foi realizado com o caixão fechado, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde. A medida visa evitar a contaminação do coronavírus.

Fonte:  gazetadigital.com

Add Comentários