OS MAIORES ERROS QUE AS PESSOAS COMETEM EM BUSCA DA FELICIDADE.

SER FELIZ PODE SE TRANSFORMAR EM UMA OBRIGAÇÃO – QUANDO DEVERIA APENAS SER PARTE DA VIDA.

felicidade-trabalho
(FOTO: THINKSTOCK)

 

As pessoas dão muita importância à felicidade. Alguns, entretanto, em sua busca por se tornarem mais felizes, exageram, afirma o jornalista Chris Matyszczyk, em artigo para a Inc. Muitos investem tempo e dinheiro na compra de um novo Jaguar ou Porsche ou então continuam seguindo à risca o manual traçado por seus pais. Ao conversar com a terapeuta Sherry Amatenstein, Matyszczyk discutiu quais são os mitos mais comuns quando se fala em felicidade.

1. As pessoas vivem dizendo “Eu serei feliz quando…”
Homens e mulheres de negócios adoram falar em objetivos de carreira. O que não tem nada a ver com felicidade na sua vida. Sherry Amatenstein indica que a crença de que você só poderá ser feliz quando conseguir uma promoção, seu novo Jaguar ou aquela pessoa tão especial ao seu lado não é uma visão de longo prazo. O ideal seria se concentrar em objetivos que você realmente gostaria de alcançar, aqueles que nascem de um desejo quase inconsciente – muitas vezes na infância.

2. As pessoas acham que não deveria haver problemas nesta vida
“A vida não é uma coisa fixa”, diz Sherry. Sempre haverá tempestades pela frente. Simplesmente se comportar como se tudo estivesse muito bem o tempo todo não vai fazer com que os problemas desapareçam. É importante encará-los e aprender com eles.

3. As pessoas acham que objetos trazem felicidade
Considerando que a maioria de nós vive em uma sociedade de bens de consumo, é difícil não se deixar levar e ficar repetindo como fulano é rico e como deve ser maravilhoso ter um helicóptero. A culpa, diz a terapeuta, é da publicidade. Pelo menos até certo ponto. Ter coisas, entretanto, não ajudam alguém a construir seu caráter. No máximo, podem ajudar alguém a melhorar sua auto-estima.

4. Muitas pessoas acreditam que não serão felizes até que tudo esteja perfeito
Para que ser perfeccionista a esse ponto? A definição de perfeccionismo envolve uma insatisfação constante. E a definição de humanidade é que ela está repleta de imperfeições. Viver é uma coisa que vai trazer mais satisfação do que ficar julgando tudo.

5. As pessoas acham que felicidade é a mesma coisa que estabilidade
Isso é algo que muita gente vai aprender aos 20 e poucos anos, ao ver os amigos se casando. Existe uma ideia de que essa união traz estabilidade e vem acompanhada de plena felicidade. De fato, acontece, mas há quem busque no casamento ou em um relacionamento estável a solução para o medo de ser rejeitado, de que alguém possa te machucar ou simplesmente ficar sozinho. O importante é buscar e encontrar alguém aberto aos sentimentos e ideias.

6. As pessoas seguem a definição de felicidade traçada por seus pais (e não a sua própria)
Alguns pais, mesmo cheios de boas intenções, tentam impor sua ideia de felicidade aos filhos – na esperança de que eles sejam felizes. Vale lembrar, porém, que os filhos são criaturas independentes e podem encarar a felicidade como um pacote bem diferente. Insistir que o filho ou filha sejam advogados, médicos ou altos executivos não é a resposta para ser feliz.

fonte: Época Negócios

link: clique aqui

 

 

Add Comentários