PM acaba com festa clandestina e prende 58 pessoas em VG

Na festa, que seria de um aniversário, as pessoas usavam narguilés, drogas e muita bebida alcoólica

Festa era realizada no bairro Guarita e 58 pessoas foram encaminhadas à Central de Flagrantes

A Polícia Militar acabou com uma festa clandestina, em meio à  pandemia, e prendeu 58 pessoas, sendo 37 homens e 21 mulheres, que não usavam máscaras, em Várzea Grande.

Na festa, que seria de um aniversário, as pessoas usavam narguilés, drogas e muita bebida alcoólica.

Duas pessoas estavam armadas, algumas com passagens pela Polícia, disparavam tiros para o alto, em comemoração.

A festa foi denunciada anonimamente devido ao som alto e muita bagunça no local, na madrugada desta sexta-feira (31), no bairro da Guarita.

Assustados com o barulho de tiros, som alto e muita aglomeração, os moradores acionaram a Polícia Militar.

De longe, os policiais contam que comprovaram a denúncia e a aglomeração, principalmente pelo barulho. No local, os policiais encontraram dois agentes de seguranças armados.

Alguns dos participantes, segundo a PM, desobedeceram os policiais durante a abordagem e foram contidos com o uso de força moderada.

Apesar de alguns dos participantes já possuírem antecedentes criminais, nada de ilícito foi encontrado com eles.

Dois homens armados, ambos com com posse de arma legalizado, foram revistados.

Policiais comprovaram que não foram feitos disparos das armas que eles portavam. Eles foram identificados como agentes de segurança.

A aniversariante e organizadora da festa foi identificada, mas não teve seu nome e idade revelados, e, com os participantes, foi encaminhada para a Central de Flagrantes.

Ainda na festa, os policiais encontraram quantia de R$ 1.032 em dinheiro, que foi apreendida, pois estava sem procedência.

Fonte: diariodecuiaba.com

Add Comentários