Polícia prende criminosos que espancaram homem até a morte

 

Quatro pessoas envolvidas em um crime de homicídio, ocorrido no mês de janeiro em Cuiabá, tiveram mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (29). O crime foi praticado a mando de uma facção criminosa como punição às vítimas.

Foram cumpridas ordens de prisão contra os suspeitos, C.A.L.L. e A.S.L., conhecido como “GT” (que tiveram as prisões temporárias convertidas em preventiva), além da prisão preventiva de I.M.R.F.S., de 20 anos, o “Verdinho”, identificado como mandante do crime e o mandado de prisão temporária contra, J.S.L.

 O crime ocorreu no dia 24 de janeiro, às margens de um rio, no bairro Imperial II, em Cuiabá, tendo como vítima fatal, Weslley da Silva Natividade, de 29 anos e E.A.S. como vítima tentada.

Na ocasião, as vítimas foram espancadas pelos suspeitos, sendo posteriormente socorridas e encaminhadas ao Pronto Socorro de Cuiabá. Weslley não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo as investigações da DHPP, conduzidas pelo delegado Caio Fernando Alvares de Albuquerque, o crime foi cometido a mando de uma facção criminosa, como punição por um furto a residência cometido pelas vítimas. Apontado como mandante da execução, I.M.R.F.S. estava preso na ocasião e por isso teria acionado os demais suspeitos para aplicarem a punição.

De acordo com o delegado, Caio Albuquerque, as vítimas foram submetidas a um verdadeiro ritual de tortura, sendo agredidas com pauladas, socos, chutes e afogamentos.

“A violência das agressões foi comprovada pelas fotografias do laudo de necrópsia de Weslley, assim como pela situação da outra vítima, que teve as duas pernas fraturadas e mesmo assim preferiu não falar nada sobre o assunto”, disse o delegado.

Os suspeitos identificados tiveram as ordens de prisão decretadas pelos crimes de duplo homicídio, tentado e consumado, qualificados pelo motivo fútil mediante crueldade e recurso que impossibilitou a defesa, e de integração de organização criminosa.

Fonte:  midianews.com

Add Comentários