Preço da carne bovina dispara e boi gordo também sobe, diz Safras

 

Segundo a consultoria Safras, na primeira semana de agosto, a oferta de animais continuou restrita enquanto as exportações seguiram fortes

 A arroba do boi gordo está cotada a R$ 228 em São Paulo. 

“O resultado das exportações na primeira semana de agosto foi bastante positivo, um indício que a China segue muito atuante no mercado de proteína animal”, acrescenta Iglesias

O mercado físico de boi gordo mantém preços em alta em algumas regiões, de acordo com a consultoria Safras. “A oferta de animais terminados no geral é restrita, dificultando o alongamento das escalas de abate em algumas unidades frigoríficas”, diz o analista Fernando Henrique Iglesias.

 Segundo ele, alguns frigoríficos já sinalizam para a entrada de animais a termo e a utilização de confinamento próprio, o que acaba tornando a situação um pouco mais confortável.
Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista passaram de R$ 227 para R$ 228 por arroba. Em Uberaba (MG), subiram de R$ 225 para R$ 227 por arroba. Em Dourados (MS), continuaram estáveis em R$ 220. Em Goiânia (GO), seguiram em R$ 221 por arroba. Em Cuiabá (MT), permaneceram em R$ 206 por arroba.
 Atacado

No mercado atacadista, os preços da carne bovina voltaram a subir. Conforme Iglesias, a reposição entre atacado e varejo permanece muito interessante nesta semana, reflexo do bom resultado das vendas no varejo no último fim de semana, com o Dia dos Pais atuando como relevante motivador da demanda. “O resultado das exportações na primeira semana de agosto foi muito positivo; a China adquiriu importantes volumes de proteína animal”, afirma.

Com isso, a ponta de agulha passou de R$ 12,60 o quilo para R$ 13 o quilo. O corte dianteiro subiu de R$ 13,10 o quilo para R$ 13,30 o quilo, e o corte traseiro passou de R$ 15,10 o quilo para R$ 15,60 o quilo.

Fonte:   canalrural.com

Add Comentários