Prefeitura implanta Redesim em Sinop e abertura de empresas pode ser feita em um dia

A prefeita Rosana Martinelli, assinou, há pouco, com o secretário adjunto de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Celso Paulo Banazeski, termo de cooperação entre a prefeitura e a Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat) para implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios, (Redesim), sistema integrado que permite a abertura, fechamento, alteração e legalização de empresas em todas as Juntas Comerciais do Brasil, simplificando procedimentos que demorava de 45 a 60 dias para um único dia.

“Esse termo de cooperação que a prefeitura fez com a Junta Comercial vai facilitar, modernizar, agilizar e principalmente em termos de abertura de empresas, cadastramento, tanto na Receita (Federal), quando Junta Comercial. Esse processo demorava muito. Hoje, nós queremos, depois dos treinamentos, agilizar. É um grande desafio que nós temos a certeza que Sinop está no rumo certo, no rumo do desenvolvimento e modernização. Esse é o trabalho da prefeitura, queremos estar facilitando a vida das empresas, do cidadão. Iremos usar esse termo com a parceria dos contadores. Todas essas informações que vão estar nesse cadastro, é a vida da empresa”, explicou a prefeita, em entrevista coletiva.

Todos os processos realizados pela Redesim devem ser feitos pela internet, desde o registro, inscrição, alteração até a baixa das empresas. O empresário ganha na agilidade do tempo para obter o documento e por não precisar se deslocar para assinar papéis. “O cadastro vai ser único para a empresa. Quando o contador precisa de alguma informação ou o próprio empresário, ele vai acessar via web. Tudo vai estar integrado. Quando precisa anexar um documento, vai pelo sistema, não precisa de autenticação, de levar o físico do documento para prefeitura, para vigilância sanitária. Em fim, todos os órgãos vão estar integrados. Facilita de mais a vida dos contadores, dos empresários e principalmente do empreendedor. Isso faz que num país que precisa muito geral emprego, poder avançar com muito mais rapidez”, disse o secretário Celso Paulo Banazeski.

Os servidores do setor de Tributos da prefeitura começarão, amanhã, o treinamento para poder acessar o sistema. “Agora, com apoio do Sebrae, que está auxiliando na logística, estamos conseguindo colocar para o interior (Redesim). Na verdade, é uma simplificação através de banco de dados. Não vai ter mais esse negócio de empresa ter um cadastro no município, ter um na Receita Federal, isso atrapalha demais. Não dá para simplificar se não for dessa forma. A simplificação chega, a prefeitura passa a receber todos os dados, de todos os órgãos. Agora, o município passa a ser protagonista do registro. A partir de agora, só se registra em Sinop se a prefeitura falar que pode. Para a parte de fiscalização municipal vai ter todos os dados de empresas. Talvez a prefeitura seja o órgão mais beneficiado”, disse o coordenador da Redesim, Alexandre Lacerda.

Só Notícias

Add Comentários