Projeto cultural coordenado por CBH Alto Araguaia incentiva a preservação ambiental

Projeto cultural coordenado por CBH Alto Araguaia incentiva a preservação ambiental

Clipe musical conta com parceria de produtores culturais da região do Araguaia e foi lançado no mês em que se celebra o Meio Ambiente

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Araguaia, em comemoração ao mês do Meio Ambiente, lançou o clipe musical “Ambientalistas Mirins”, uma canção que estimula a conscientização e preservação ambiental a partir dos recursos hídricos. O clipe foi gravado em Barra do Garças e é uma das ferramentas de divulgação do projeto homônimo.

O projeto musical foi desenvolvido em parceria com a Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Barra do Garças, Rotary Kids (Rotary Club – BG) e Riacho Fundo Filmes. O artista regional, Eudes Roberto, é responsável pela letra e melodia da canção.

Preservando o regionalismo típico do Araguaia, o clipe é ambientado em um viveiro e no Porto do Baé, às margens do Rio Araguaia. Na ocasião, as crianças do Rotary Kids receberam orientações e realizaram o plantio de mudas de árvores, sendo também presenteadas com outras mudas.

“O projeto Ambientalista Mirim é uma ação de educação ambiental direcionada a jovens estudantes com objetivo de ampliar conhecimento ambiental. Serão diversas atividades: aulas expositivas com visitas a campo, plantio de árvores, reciclagem, reutilização e reuso de materiais, coral e atividades de limpeza em áreas públicas para despertar a consciência ambiental”, ressalta Clodoaldo Carvalho Queiroz, presidente do CBH Alto Araguaia

Assista aqui ao videoclipe Ambientalistas Mirins.

O projeto

Idealizado e desenvolvido pelo CBH Alto Araguaia, o projeto de educação ambiental Ambientalistas Mirins conta com a parceira da OAB subseção de Barra do Garças.

Tem por objetivo construir no ambiente escolar um espaço para discussões de problemas socioambientais, incentivar nos educandos a iniciativa de discutir e resolver estes problemas, contribuir para a criação de um futuro sustentável para a comunidade, entre outras atribuições.

“A educação ambiental começa desde a infância. Esse projeto que veio a calhar para estar passando aos jovens que a informação, a conscientização e o aprendizado são a melhor forma de conseguir preservar o meio ambiente”, informa Cristiane Vasconcelos, da Colônia de Pescadores Z-9 e monitora do projeto.

A Escola Municipal Waldiza Rego Flores foi a primeira a receber ações do projeto em que terá uma gama de atividades já planejadas.

Em setembro último, estudantes e professores, sob supervisão do CBH Alto Araguaia e da OAB, realizaram Dia de Campo na Praia do Bosque, onde promoveram a coleta de resíduos sólidos abandonados na areia. Os participantes receberam também orientações para dar continuidade aos trabalhos de preservação ambiental na região e em seus lares. O fim das atividades foi coroado com reforçado café da manhã.

Para Cristiane, o impacto do projeto é notório. “Eles passam o conhecimento adquirido para família. Encontro as crianças na rua e os pais comentam que o filho começou a chamar a atenção para não jogar lixo para fora do carro”, comemora.

A intenção do CBH, passado o período de distanciamento social, é estender o projeto para outras escolas de Barra do Garças e também para as demais cidades que compõem o Comitê de Bacia.

Conheça o CBH Alto Araguaia

Instituído em 2019, o Comitê atua como uma ferramenta de ação política para a conservação das águas dos afluentes da bacia do Alto Araguaia. Conhecido como o “parlamento das águas”, o CBH abre espaço para que entidades e representantes da sociedade civil possam debater e deliberar propostas para utilização sustentável dos recursos hidrográficos da região. Além do Alto Araguaia, existem outros nove comitês atuantes em Mato Grosso.

O CBH Alto Araguaia atua nas regiões próximas ao curso dos rios Garças e Araguaia, atendendo às demandas das cidades mato-grossenses de Alto Araguaia, Alto Garças, Alto Taquari, Araguainha, Barra do Garças, General Carneiro, Guiratinga, Pontal do Araguaia, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Tesouro e Torixoréu.

www.mt.gov.br

Add Comentários