Propriedades rurais em MT são embargadas por invadir limite de terra indígena e 4 mil cabeças de gado são retiradas

Duas propriedades rurais em Canarana, a 838 km de Cuiabá, foram embargadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) por invadir os limites da Terra Indígena Pequizal do Nruvotu.

Ao todo, 6.310 hectares foram embargados. No local, segundo o Ibama, a limpeza do terreno e a circulação de gado impediam a regeneração da vegetação nativa da Amazônia.

Em uma das propriedades, um rebanho de 4 mil cabeças de gado era mantido dentro da terra indígena. O dano causado pela atividade atingiu uma área de 2.181 hectares.

No outro imóvel, a limpeza de 1.400 hectares de vegetação secundária eram retirados por tratores para alimentar 990 cabeças de gado.

Vegetação em área de floresta era derrubada com tratores — Foto: Ibama/Divulgação

As multas aplicadas aos donos das propriedades somam R$ 17,9 milhões.

Os danos ambientais foram comunicados oficialmente ao Ministério Público Federal (MPF) para apuração de responsabilidade em âmbito criminal.

Fonte: copopular.com

Add Comentários