Santos “vence” Everson em 1ª instância e fica confiante por Eduardo Sasha

A Justiça do Trabalho negou, em primeira instância, a liminar para Everson rescindir o contrato com o Santos de forma unilateral. A informação foi inicialmente publicada pelo UOL.

O goleiro vai recorrer para tentar a liberação. O Atlético-MG tem interesse no jogador e monitora a situação. O Peixe está confiante em nova vitória neste caso e no de Eduardo Sasha.

As alegações de Sasha são semelhantes – redução salarial sem acordo e atraso em direito de imagem e recolhimento do FGTS. O resultado do pedido do atacante, porém, ainda não saiu.

O Alvinegro alega não ter dívida suficiente para rescisão unilateral antes da pandemia do novo coronavírus. O não recolhimento do FGTS é uma ação prevista em medida provisória por conta da calamidade pública. O Santos pagou 30% dos salários de abril, maio e junho.

Fonte:     gazetaesportiva.com

Add Comentários