Sinop: Ciretran é reformada e novo chefe defende construção de sede maior

A reforma nas áreas interna e externa da Ciretran de Sinop, que começaram em maio, estão na reta final. Além da pintura foi trocado portão de acesso à área de vistoria de veículos, colocadas novas fechaduras e reformada a calçada. O chefe da unidade, Adilson Oliva, explicou, ao Só Notícias, que a sede “estava muito feia” com paredes ruins, portas sem fechadura e bancos avariados e foi feita reforma “para dar uma estrutura melhor aos colaboradores e aos usuários” proporcionando “uma qualidade melhor de atendimento”.

A reforma foi feita com apoio de empresas na compra de materiais e para bancar a mão de obra. O valor total investido está sendo contabilizado.

Adilson, que assumiu em abril, disse que o grande desafio agora “é buscar um prédio novo” pois “existe essa necessidade de sair do centro da cidade (avenida das Figueiras) considerando que diariamente há grande volume de veículos que vão a Ciretran para ser feita vistoria e o espaço é muito pequeno.  Ele explicou que não há espaço, por exemplo, para ser feito o procedimento em caminhões. ”Tem que parar no meio da rua ou buscar as ruas laterais para poder estacionar”. Ele defende que seja definido “ um prédio adequado”, “mais às margens da BR-163”, onde veículos de grande porte possam ter melhor acesso além de “um pátio de apreensão maior” onde ficam carros e motos apreendidos pela polícia ou Guarda de Trânsito.

A definição da futura sede será feita com a diretoria do DETRAN.

 Só Notícias

Add Comentários