Abatido, Datena revela que filho está internado com Covid: ‘Não está bem’

Apresentador desabafou sobre estado de saúde do filho caçula

O apresentador José Luiz Datena se mostrou preocupado, nesta segunda-feira (7), com o estado de saúde do filho, José Luiz Datena Junior, de 33 anos, internado com Covid-19. O jornalista comentou sobre a situação do filho em duas ocasiões, no programa Melhor da Tarde, de Cátia Fonseca, da Band, e na Rádio Bandeirantes.

Segundo Datena, Júnior vinha tomando os cuidados necessários, mesmo assim pegou o vírus.

– Da família, ele foi o mais cuidadoso de todos. Quando vinha aqui em casa usava máscara e mantinha distância. Há dez dias pegou Covid, a esposa dele não pegou. A evolução foi boa e hoje ele piorou e está indo para o Sírio-Libanês, sorte que pode ir para lá, muita gente não tem ou tem o sistema público de saúde, que apesar de ter melhorado não é dos melhores do mundo ainda, mas vai ser porque a gente viu a importância do SUS – afirmou.

Datena lembrou ainda da polêmica sobre a realização da Copa América no Brasil e aproveitou para criticar a transferência da competição para o país

– Você acha que estou me lixando com a Copa América? Minha preocupação é meu filho. É como ele vai estar. E como estou preocupado com meu filho, milhões de brasileiros estão preocupados. Claro que você perde atenção, o foco. Eu quero que se lasque a Copa América. Não deveria ter – disparou.

Antes de encerrar o programa, Datena disse que “não consegue pensar em outra coisa” e lembrou que a doença tem tirado a vida de jovens saudáveis.

– Estamos no meio de uma doença terrível, não consigo pensar em outra coisa a não ser meu filho, se vai melhorar ou piorar. Ele ainda tem 33 anos de idade, é jovem, mas os jovens também morrem e você fica sem saber o que fazer. Milhares de pessoas estão pensando em seus parentes internados. Quinhentos mil não pensam mais – apontou.

Ele completou o desabafo no programa Melhor da Tarde, de Cátia Fonseca.

– Ele não está bem. Espero que ele melhore. Espero que grande parte da população brasileira acometida pela Covid tome cuidado e receba o melhor cuidado possível. Claro que meu filho está em um hospital de primeira qualidade, tem muita gente que não têm acesso a isso. Por essas pessoas eu rezo muito para que elas estejam bem. Eu queria ter ficado em casa, porque no hospital não dá pra você entrar. Eu não vou quebrar a regra, mas não estou com muita cabeça pra trabalhar não – lamentou..

Fonte:      pleno.news