Flamengo visita a LDU na altitude e tenta consolidar o melhor início do clube na história da Libertadores

 

Além da chance de encaminhar a classificação às oitavas de final da Libertadores, a partida contra a LDU, nesta terça-feira, significa mais uma oportunidade de fazer história para o atual elenco Flamengo. Em caso de vitória no Equador, este será o melhor início do clube em todas as suas participações no torneio continental

O duelo válido pelo Grupo G da Libertadores será disputado no estádio Casablanca, às 21h30 (de Brasília), e contará com transmissão em Tempo Real do LANCE!

Nas 16 participações anteriores na Libertadores, o Flamengo jamais conseguiu vencer as três primeiras partidas. O máximo foram duas vitórias de início, feito realizado em 2010, 2019, 2020 e igualado na edição atual. Antes do confronto contra a LDU, o Rubro-Negro venceu o Vélez Sarsfield na estreia e bateu o Unión La Calera na segunda rodada.

Nas três oportunidades anteriores (2010, 2019 e 2020) o Flamengo acabou sendo derrotado na terceira partida e somou seis pontos nas três primeiras rodadas. Em outras duas edições (1984 e 2007), o Flamengo não conseguiu vencer três seguidas, mas somou sete pontos.

Melhores inícios do Flamengo na Libertadores:

1984 – 7 pontos

– 4 x 1 Santos, no Maracanã

– 1 x 1 América de Cali, na Colômbia

– 2 x 1 Junior Barranquilla, na Colômbia

2007 – 7 pontos

– 2 x 2 Real Potosi, na Bolívia

– 3 x 1 Maracaibo, no Maracanã

– 1 x 0 Paraná, no Dorival de Brito

2010 – 6 pontos

– 2 x 0 Universidad Católica, no Maracanã

– 3 x 1 Caracas, na Venezuela

– 1 x 2 Universidad do Chile, no Chile

2019 – 6 pontos

– 1 x 0 San José, na Bolívia

– 3 x 1 LDU, no Maracanã

– 0 x 1 Peñarol, no Maracanã

2020 – 6 pontos

– 2 x 1 Junior Barranquilla, na Colômbia

– 3 x 0 Barcelona de Guayaquil, no Maracanã

– 0 x 5 Independiente del Valle, no Equador

Fla foi goleado pelo Del Valle em 2020

FANTASMA RECENTE NA ALTITUDE DE QUITO

Há menos de um ano, o Flamengo teve a chance de alcançar o melhor início da sua história na Libertadores no mesmo estádio que atuará contra a LDU nesta terça-feira, o estádio Casablanca. No entanto, o resultado não foi nem perto do esperado: derrota de 5 a 0 para o Independiente del Valle.

O placar escancara um fantasma recente para o Rubro-Negro. Desde 2019, o Flamengo disputou três partidas na altitude de 2.850 metros de Quito e não venceu nenhuma. A primeira foi na fase de grupos da Libertadores de 2019: derrota de 2 a 1 para a LDU. A outra foi no jogo de ida da Recopa Sul-Americana 2020: empate em 2 a 2 com o Independiente del Valle.

24/04/19 – LDU 2 x 1 Flamengo (Libertadores 2019)

20/02/20 – Independiente del Valle 2 x 2 Flamengo (Recopa 2020)

17/09/20 – Independiente del Valle 5 x 0 Flamengo (Libertadores 2020)

O Flamengo lidera a chave com seis pontos, enquanto a LDU soma quatro e está na vice-liderança. Ciente das dificuldades da altitude, o Rubro-Negro buscará uma vitória para ficar em situação ainda mais confortável na tabela. Com um elenco acostumado a quebrar escritas históricas, a torcida ganha motivos de sobra para acreditar no fim de mais dois tabus.