Rally Ecológico homenageia pioneiros e lança campanha de doação de alimentos e próxima edição da competição

O Rally recebe o apoio da Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Obras e Limpurb, além da parceria com o Grupo Gazeta de Comunicação e com o Juizado Volante Ambiental (Juvam)

NAIARA LEONOR

Adrenalina e consciência ambiental são companheiras de estrada quando se trata de Rally Ecológico. No próximo dia 21 de setembro, Dia da Árvore, às 19h, no auditório do Grupo Gazeta de Comunicação, a 13ª edição do Rally será lançada e durante o evento, participantes das antigas, os “pioneiros” serão homenageados por suas contribuições e dedicação. Na ocasião também se inicia a campanha de arrecadação de alimentos “Mãos Solidárias”, onde o doador recebe uma muda de árvore nativa pelo alimento doado. O Rally recebe o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Sustentável, Secretaria de Obras e Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpurb), além da parceria com o Grupo Gazeta de Comunicação e com o Juizado Volante Ambiental (Juvam) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A cerimônia será transmitida ao vivo pelo canal do Ecológico no Youtube.

Quem quiser participar da campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis, basta se dirigir a um dos 10 postos Morada Shell, em Cuiabá. Ao realizar a doação uma muda de árvore nativa é entregue. A doação é o resultado de uma parceria entre o Rally Ecológico, o Grupo Gazeta e o Juizado Volante Ambiental (Juvam) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. A meta é arrecadar 10 toneladas de alimentos, pois serão distribuídas 10 mil mudas.

O Sportsmotor Clube de Automobilismo, promotor do tradicional Rally Ecológico, vai homenagear os pioneiros na modalidade da prova desse ano, cuja largada está confirmada para 20 de novembro, na Orla do Porto do Porto, em Cuiabá.

Assim como foram lembrados há alguns anos, Adalberto Lebrinha e Zilo Cesar Vicari, em 2021 a honraria será concedida aos pilotos Wesson Pinheiro, Eremi Verona, Denilson Sela e Cláudio Tonon. Advogado renomado em Mato Grosso, Wesson Pinheiro foi um dos primeiros pilotos da categoria motos, nos anos 1980 e já alguns anos atua como diretor jurídico do Rally Ecológico.

Eremi Verona também é das antigas; pilotou um Voyage que usava no dia a dia, nos primeiros rallys de Mato Grosso, como as provas de Chapada e do Pantanal. Foi dele e do falecido Devanir Barbosa, a ideia de criar uma prova para novatos, incluindo o plantio de mudas de árvores e distribuição de alimentos.

Denilson Sela foi o primeiro piloto da categoria motos a conquistar uma prova internacional na categoria motos. Sela foi campeão do Rally Internacional Bolpebra no ano de 2005, representou Mato Grosso no Sertões, em 2007, e sempre foi um grande incentivador do esporte off-road no Estado.

Outro grande apoiador dos rallys no Estado, Claudio Tonon está entre os campeões do Rally Ecológico (venceu a prova de 2005). Iniciou a carreira no começo dos anos 1980 e mais recentemente tem disputado provas de ‘Hard Enduro’, ao lado do filho Renan.

Luiz Galvan, diretor geral do Rally Ecológico, destacou o trabalho e a carreira dos homenageados: “Todos tiveram e tem um papel fundamental na história do esporte off-road no Estado e no País. Iniciamos as homenagens há alguns anos, retomamos ano passado e faremos a cada edição, lembrando e reverenciando esses grandes parceiros. Só temos a agradecer”, disse.

As inscrições para o Rally Ecológico/2021 já estão abertas no site cronorally.com.br

SERVIÇO

O que: Lançamento da 13ª Rally Ecológico e da campanha de arrecadação de alimentos “Mãos Solidárias” com homenagem aos pioneiros

Quando: 21 de setembro (terça-feira)

Onde: auditório do Grupo Gazeta de Comunicação

Contatos: Luiz Galvan (99628 2601) – Haroldo Pires (99952 3869)

**com informações da assessoria do evento

PREFEITURA CUIABÁ