Travesti é assassinada com tiros no rosto e na cabeça

 

Tiros no rosto e na cabeça mataram uma travesti, na manhã de sábado (12), no interior de Mato Grosso.

A vítima não portava documentos, mas era conhecida apenas como Marcela

A jovem morta foi identificada, no final da tarde, como Marcela Estella Vieira, de 26 anos.

Segundo a Polícia Militar, ela levou ao menos quatro tiros.

O corpo foi encontrado no meio da Rua José Trovão, na cidade de Colniza (1.065 Km a Noroeste de Cuiabá).

Dentro da capa do aparelho celular da vítima, os policiais militares encontraram duas porções de cocaína.

A Polícia Civil fez a liberação do corpo, após a perícia preliminar dse agentes da Perícia Oficial do Estado (Politec).

A hipótese levantada pela Polícia Civil é de que a mulher tenha sido morta no fim da madrugada.

Só que, no local, a Polícia não encontrou uma testemunha que pudesse informar alguma coisa sobre o assassinato.

A Polícia Civil ainda desconhece os motivos do crime, mas não descarta a hipótese de que a travesti possa ter sido morta por seu envolvimento com uso de drogas.

Fonte:     diariodecuiaba.com

Add Comentários